Cursos em Prisão

Cursos em Prisão

Milhares de presos em todo o mundo participaram de cursos presenciais de 10 dias.

 

História e fatos

Os cursos de meditação Vipassana foram ensinados em prisões na Índia em 1975. A partir de então, eles se espalharam pelo mundo. Cursos presenciais foram realizados em muitas partes do mundo - Américas, Europa, Ásia, Nova Zelândia. Na América do Norte, houve mais de trinta cursos residenciais de 10 dias para mais de 250 participantes em cinco instituições correcionais. Na Europa, foram realizados cursos na Irlanda (2015), Espanha (2003), Reino Unido (1998) e Israel (2007).

Em 1994, o maior curso de Vipassana dos tempos modernos foi realizado na prisão de Tihar (Índia) com mais de 1000 participantes. Na Índia, existem vários centros permanentes nas prisões. Com 60-80 cursos em mais de 15 prisões a cada ano, o governo indiano aconselha a meditação Vipassana como um padrão para a reabilitação social. Além disso, funcionários e executivos penitenciários participam dos cursos de Vipassana para promover seu profissionalismo e reduzir o estresse.

Outros cursos foram realizados em Taiwan, Mongólia, Tailândia e México. Na América do Norte, um Trust foi fundado, dedicado exclusivamente a levar a meditação Vipassana para as prisões. Até o momento, milhares de presos em todo o mundo participaram com sucesso de cursos presenciais de 10 dias.


Documentários

Existem vários documentários sobre a implementação de Vipassana nas prisões. Eles tiveram exibições de sucesso em festivais internacionais de cinema.

Os irmãos Dhamma demonstram como Vipassana é levado a uma prisão de segurança máxima no Alabama, EUA, em 2002.

Changing From Inside mostra o trabalho em andamento de um programa prisional regular de 1997-2002 na prisão da NRF em Seattle, EUA.

Doing Time Doing Vipassana é um registro do curso de prisão Tihar em 1994 na Índia com mais de 1000 participantes.